" A Ampulheta que Mede a Vida "


Essa é uma lenda pouco conhecida que desperta muito medo quando contada.Era um dia chuvoso o céu cobria varias ilusões, mas para um grupo de amigos tudo era possível... Mariana uma menina de 16 anos mais Alexandre de 17 e Marcos de 19 fizeram uma festa.Convidaram 10 pessoas e festejaram até as 11:30 da noite.

Quando a festa terminou Marcos foi ate a estante e pegou uma ampulheta aquela que mede o tempo e levou em cima de uma mesa de vidro.A Mariana ao ver que ele tinha pegado a ampulheta que seu pai tinha escondido e guardado durante 35 anos se desesperou e disse que ele não deveria mexer nela porque coisas terríveis aconteceriam se ele a girasse mais do que três vezes. Então o Alexandre pegou a ampulheta da mão dele e sem perceber enquanto balançava a mão a ampulheta girava e girava. Ela escorregou da mão dele e quebrou a mesa se espalhando no chão a areia que estava dentro dela.Mariana arrumou tudo correndo pegou a ampulheta e guardou dentro de uma sacola especial.

No dia seguinte ela levantou foi ate o banheiro, pegou a ampulheta que estava escondida em um buraco que ela tinha feito na parede e levou ate um homem pra ele conserta-la.Quando chegou em casa se sentiu estranha meio cansada e tonta.Pegou um livro sobrenatural que ela adorava ler e começou a pesquisar coisas extraordinárias até que uma parte chamou a atenção dela.Uma parte do livro manchada de sangue que parecia estar lá há pouco tempo, pois a pagina já estaria bem velha e diferente com todo aquele sangue. Chamou o Marcos e o Alexandre mostrou pra eles e mostrou que tinha uma coisa escrita. Alexandre que tinha uma boa visão pegou um equipamento especial e conseguiu ler o titulo."A ampulheta que mede a vida”, ele começou a ler e a cada segundo que se passava era como se a ampulheta estivesse mexendo os grãos e fazendo com que os minutos da vida dele e dos outros acabasse.Só Mariana se sentia bem porque não tinha tocado na ampulheta por muito tempo.

No dia seguinte foi ate a casa do marcos e do Alexandre e quando chegou lá encontrou os dois mortos em cima da cama.Ela ficou desesperada e começou a mexer nas cobertas quando encontrou um bilhete que em cima estava coberto por areia.Nele dizia: Quando mexer com alguma coisa não conte os segundos nem olhe para o relógio porque será a ultima coisa que você fará. Sempre se lembre disso: "Olho por olho; dente por dente; vida por vida”.

* Lenda enviada por: lu

6/5/2009 16:06:33

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati