" A Escola Estadual Cel Silvino Pereira "



Estávamos eu e minhas amigas no corredor matando aula de português... Quando uma mulher com uns cadernos na mão nus chamou pensamos que era substituta.... Fomos ver o que ela queria quando chegamos.... Ela estava com o nariz sangrando e com os dentes na mão.... Chamamos a diretora que antigamente era Caetana... Quando chegamos lá vimos os dentes com sangue no chão. A diretora falou que era pura imaginação nossa mas, quando ela viu os dentes no chão com sangue ela viu que não era mais ela continuou a insistir que era imaginação... Ela, nesse dia ficou na escola ate mais tarde.

Quando era aproximadamente umas 20 horas ela viu o portão se abrir sozinha e a mulher falando: “eu quero sua alma e seus dentes”. Ela começou a tremer. Eu morava em frente a escola ela bateu na minha porta desesperada pedindo socorro. Eu a atendi e ela falou que viu o que eu vi... Assustada, ela pediu que eu levasse em casa. Levei na volta, vim sozinha morrendo de medo - iria passar em frente a escola... Quando eu passei na frente da escola, a mulher estava no portão dando tchau e falando: “Até amanhã”... Até hoje ela não apareceu mais....

* Lenda enviada por: Bruna

24/6/2008 21:23:03

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati