" A Festa do Pijama "


Era meia noite e meia, Rafaela insistiu sua mãe para deixar ela ir ate a casa de sua amiga Maria Eduarda,porque na outra noite ia ter a grande "Festa do Pijama".Então a mãe de Rafa explicou á ela que aquela casa era muito antiga,e tinha coisas assustadoras.Mas Rafaela não desistiu e foi na casa de Maria Eduarda.No dia seguinte, Rafa já estava ansiosa para ir a festa,por tanto tempo que ela esperou,chegou sua hora de ir. Chegando lá na festa, elas duas se divertiram muito e muito,elas estavam sozinhas,(lembrando que a casa era antiga),Rafaela e Maria Eduarda ouviram uma voz dizendo: ___Abre a porta que quero entrar Rafaela a medrosa pensou que era uma brincadeira de Duda,mas ela estava errada.

Ela perguntou Duda: ___Menina você ta louca?Quase que me mata com a faca da cozinha. Duda com medo respondeu: ___Nada você que quase me mata, não tem juízo de falar Abre a porta que quero entrar? Rafa disse que era só imaginação delas, mas depois apareceu uma mulher de branco falando pra elas: __Oi meninas,posso sentar com vocês? Rafaela disse que não porque a mulher era desconhecida,e Duda disse o mesmo com medo também. A mulher falou que não queria mesmo,porque ela não sente fome,nem sede nem sono. As meninas ficaram com medo,sabendo que a mulher era morta.

A mulher matou as duas e toda vez que alguém passa lá na sala tem a voz das meninas cantando: Não dei o ultimo adeus pra papai nem mamãe,que nem tava aqui na hora da minha morte,uma mulher veio aqui nos matou,e agora nem olhe para trás que tem alguém SEGUINDO VOCÊ!

* Lenda enviada por: Rafinha

24/6/2008 11:53:33

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati