" A Flor da Aidética "



:: Em 1993, Rodrigo era um universitário paulistano de férias em Curitiba. Neste período, numa certa noite, ele decidiu visitar um bordel. Lá, este moço conheceu uma garota de programa chamada Patrícia Lunar. Os dois tiveram um caso , mas o problema é que nenhum dos dois usou preservativo . Quinze dias depois, Patrícia levou Rodrigo ao aeroporto, pois suas férias haviam acabado. Porém, antes da despedida a garota deu uma caixa para o rapaz e disse: - O que tem dentro desta caixa é uma surpresa, por isto você terá que me prometer que só vai abri–la quando chegar em São Paulo . Então, Rodrigo exclamou: - Prometo! Assim, os dois se despediram com um beijo e o moço entrou dentro do avião. Como Rodrigo era muito curioso, mesmo dentro do avião, ele abriu a caixa. Dentro dela havia uma flor murcha e um bilhete em que estava escrito: “

– Parabéns! Você está igual a esta flor ...

Você acabou de pegar o vírus da AIDS . “ Ao chegar em São Paulo, este moço fez o exame de HIV, e, o resultado foi positivo. Desta maneira, ele resolveu pegar um avião para Curitiba e tomar satisfações com a garota de programa . Ao chegar no bordel, este rapaz falou à dona do lupanar: - Boa noite! Por favor, eu gostaria de falar com a funcionária Patrícia Lunar . Assim, a dona do estabelecimento disse: - O que? Patrícia Lunar faleceu em 1987 . Deste jeito, o rapaz exclamou : - Não pode ser! Eu contratei os serviços dela há alguns dias atrás! - Não é possível! - Ela morreu de quê? Então, a dona da boate exclamou, deste jeito : - Eu não minto! Nunca duvide de mim! Após falar isto, esta senhora fechou as portas do local na cara de Rodrigo. Mas, quando o rapaz estava virando a esquina , uma moça apareceu e disse: - Eu sei de tudo sobre Patrícia Lunar.

Desta maneira , o moço perguntou: - O que você sabe? Ela respondeu: - Eu sei de tudo: Patrícia Lunar morreu de AIDS , em 1987. A lenda diz que o fantasma dela apavora os clientes de vários bordéis . Então, o rapaz falou : - Eu não posso acreditar nesta história. Assim , a jovem disse: - Então, venha comigo ao Cemitério Municipal e você verá o túmulo dela com foto e tudo. A moça levou Rodrigo até o Cemitério Municipal e ele viu a foto de Patrícia, num túmulo, onde estava escrito : Patrícia Gorski ( Patrícia Lunar ) 1967 – 1987 .

* Lenda enviada por: Mayara P Santos

4/1/2008 17:57:49

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati