" A Garota do Corredor "



A cerca de vinte e cinco anos atrás surgiu uma lenda que persiste ate hoje aqui nos colégios do rio. Os alunos que insistem em gazetear nos corredores do colégio apos a sexta badalada do sino ou o canto da ave Maria, uma criatura surge em algumas salas de aulas pedindo por socorro. Os desavisados que procuram pela voz,acabam encontrando um ser estranho agachada,de cabelos revoltos e soltos,vestida com uma camisola branca imunda chorando com as mãos no rosto. Houve casos de alguns que insistiram pela curiosidade em saber do que se tratava e ao se aproximarem sentiram um cheiro de podre tão forte que os fazia vomitar impreguinando suas roupas por dias. Se isso lhe ocorrer nunca a toque ou olhe diretamente nos olhos desta estranha criatura.

Atribui-se a esta aparição vários casos de internação em hospitais psiquiátricos de alunos que ao verem a terrível face do terror deformado a sua frente passaram a ter convulsões freqüentes e síndrome do pânico...Temendo locais ermos. Existe ainda alguns casos não comprovados de crianças que dizem ver desde então a menina chorando por auxilio quando sozinhas ou dentro de igrejas. A lenda teria inicio quando estudantes de um colégio publico em uma excursão à fria cidade de Petrópolis por ruínas de uma capela trancaram a amiga, Joana de oliveira Borges, dentro de um quarto escuro e sujo da antiga sacristia. Tudo devido à inveja do desempenho da mesma diante deles. Devido ao descuido da professora responsável pela excursão,a menina só foi encontrada na noite do dia seguinte cianótica deitada no chão extremamente frio em posição fetal.

Legistas da época atribuíram a morte da criança ao frio intenso do local e roupas inapropriadas, porem a mãe posteriormente relatou que a garota de dez anos fazia uso constante de medicação para asma, que poderia acelerar a morte devido ao trauma mental sofrido que aceleraria a freqüência respiratória. Não ha fatos que comprovem esta historia e quem a lê agora não deve considera-la verídica, portanto. Algumas pessoas, no entanto tem muita crença e vários dizem ter ouvido choro de criança em salas vazias de colégio apos o canto da ave Maria. Procurados apos anos de tratamento psicológico,alguns pacientes juram ter sido punidos com a aparição devido a serem de certa forma desordeiros colegiais na infância.

* Lenda enviada por: maurice dumont de bevoir

17/7/2009 21:02:35

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati