Durante a Segunda Guerra Mundial a Casa Gill era usada como dormitório para as mulheres que ajudavam o Exército, durante este tempo uma grande quantidade de estranhos fenômenos paranormais ocorreram, o que levou a uma investigação por parte da Canon de Carlisle, o Late WJ Phythian Adams.

Durante a investigação uma aparição, foi vista várias vezes assombrando o local, e que passou por uma porta fechada, e com barulhos a noite podiam ser ouvidos juntamente com um cheiro peculiar de putrefação, que ainda permanece na construção.

Eventualmente, uma das garotas que ficou lá acordou e sentiu que estava sendo sufocado por algo invisível. Um dos quartos foi interditado devido à intensidade dos fenômenos. Parece que os distúrbios pararam depois que o prédio deixou de ser usado pela WLA. Foi suposto que a casa abriga o espírito de uma mulher má que morreu no prédio antes da Segunda Guerra Mundial.



Exibir mapa ampliado

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati