Em 1938, uma expedição arqueológica liderada pelo Dr. Chi Pu Tei nas montanhas Baian-Kara-Ula da China, fez uma surpreendente descoberta em algumas cavernas que aparentemente foram ocupadas por alguma cultura antiga. Enterradas sob a poeira das eras, no chão da caverna haviam centenas de discos de pedras. Medindo aproximadamente 23cm de diâmetro, cada uma possui um círculo cortado no centro, e foi talhada com uma ranhura espiral, fazendo com que se pareça, com muita semelhança, a um antigo disco de vinil, de 10.000 à 12.000 anos de idade.  Depois de algum tempo de estudos, pesquisadores conseguiram descobrir o significado dessas ranhuras espirais, são na verdade escrituras, compostas de pequeninos hieróglifos que contam a incrível história de um povo que viera do espaço em suas naves, e que supostamente aterrissaram nas montanhas. As naves eram pilotadas por essas pessoas que se auto-denominavam os “Dropas”.



Nesse local foram encontrados alguns corpos de seres baixinhos com cabeças grandes, porém humanos, esses seres de outro mundo que teriam vivido nas montanhas, foram encontrados junto aos discos de pedra.

Dessa forma algumas questões ficam em aberto, tais como: 


Seria esse povoado da montanha de alguma descendente de extraterrestres?
Teriam ET’s visitados aquele povo e lhe ensinado algumas coisas?
Se nada disso aconteceu, de onde esse povo tirou essa história de naves do espaço?

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati