Um casal vivia numa pequena casa no Japão com seu filho e filha. O filho estava muito irritado com sua irmã e quis fazer uma brincadeira realmente desagradável com ela. Ele decidiu que iria secretamente fazer um vídeo dela no banheiro e espalhar o video na internet. Ele queria humilhar sua irmã na frente de seus amigos.

O rapaz escondeu uma câmera de vídeo embaixo de uma toalha no banheiro. Minutos depois, sua irmã foi ao banheiro e trancou a porta. Ela nunca mais saiu do local.

Sua mãe começou a perguntar o que estava levando sua filha a ficar tanto tempo la dentro. Ela bateu na porta do banheiro e gritou o nome da menina, mas não obteve resposta. Preocupada, falou com o marido e pai da menina, eventualmente, eles conseguiram arrombar a porta. O que eles encontraram dentro do banheiro os encheu de horror.

Sua filha estava deitada em uma poça de sangue no chão ladrilhado. Ela foi esfaqueada até a morte. Seu rosto estava tão cortado que parecia irreconhecível e sua língua havia sido arrancada. Havia uma foice sangrenta jogada no chão ao lado dela.

A polícia foi chamada imediatamente e eles vieram para investigar a cena.Na inspeção do banheiro, eles descobriram que aquilo era um mistério. A porta tinha sido trancada por dentro, a janela estava bem fechada eo banheiro era tão pequeno que ninguém poderia ter se escondido lá dentro, à espreita para a menina. Então, como ela foi assassinada?

A polícia viu que a única entrada possível era um pequeno orifício na parede que media apenas 10 polegadas por 10 polegadas. Ninguém poderia ter entrado através desse pequeno espaço. A polícia estava absolutamente perplexa. Eles não podiam imaginar como alguém poderia ter começado a matar a menina pelo lado de dentro.

A polícia cuidadosamente vasculhou a foice em busca de impressões digitais, mas, infelizmente, não acharam. Neste momento, eles sentiram que o caso nunca seria resolvido.

Eles interrogaram a mãe eo pai, mas quando chegou a hora de interrogar o filho, ele estava longe de ser encontrado. Eles vasculharam a casa e, eventualmente, encontraram ele escondido em um, guarda-roupa. Seus olhos estavam selvagens de pânico e ele estava chorando incontrolavelmente. Suas mãos tremiam violentamente. Eles perceberam que ele estava segurando uma câmera de vídeo.

Não era possível questioná-lo, a polícia decidiu rever a fita de vídeo. O que eles viram no vídeo iria aterrorizá-los pelo resto de suas vidas.

Eles pressionaram o botão play na câmera de vídeo e a tela mostrou a jovem sentada no vaso sanitário. Quando ela terminou e se levantou, a polícia notou algum movimento no pequeno orifício atrás do vaso sanitário. A pequena figura emergiu silenciosamente do orificio. Ele estava carregando uma foice.
Os policiais mal podia acreditar no que estavam vendo. Uma criatura medindo apenas seis polegadas de altura. Ele saltou por trás da menina e antes que ela tivesse a chance de gritar, ele cortou sua garganta com a foice. Em seguida, começou a esfaquear a menina até que ela estava morta. Mas o horror não havia terminado. A pequena figura começou a cortar o rosto da menina e arrancou sua língua.


Depois, a criatura se aproximou da câmara de vídeo. O rosto da criatura era a de uma mulher áspera e enrugada. Ele olhou diretamente para a lente e sussurrou "Você é o próximo!"


Então, a pequena criatura desapareceu de volta através do pequeno orifício, carregando língua cortada da garota.

Depois de assistir a fita de vídeo, alguns policiais enxugaram as lágrimas de seus olhos. Hoje, o caso permanece sem solução e a mulher pequena nunca foi identificada. O vídeo ainda existe, mas a polícia se recusar a liberá-lo ao público. Encontra em um armário de provas na delegacia. A polícia chama este caso de O Mistério da  Foice e se recusam a discutir o assunto com a mídia.

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati