András: Também Marquês do inferno, demônio com cabeça de coruja, com o corpo nu de
um anjo alado, cavalgando sempre um lobo e brandindo sua espada. Couto Magalhães
classifica-o com o deus que protege os animais do campo contra o abuso da caça. Sua figura
é a de um veado branco, com olhos de fogo. Barbosa Rodrigues diz que no Amazonas,
quando o Anhangá aparece no homem, é sempre sob a forma de um veado, cor vermelha,
cruz na testa, olhar de fogo e chifres cobertos de pelo. Os tupinólogos Teodoro Sampaio e
Testavim traduziram o termo por "alma” , espírito maligno, diabo , alma de finados .

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati