Asuras é uma categoria de personagem da mitologia hindu. A palavra significa anti-deuses (Sânscrito: असुर).

Pela mitologia esses personagens são os antagonistas dos suras ou devas ou deldades. Ambos os grupos são filhos de Kashyapa. O nome é um cognato de Ahura do Zoroastrianismo, onde "Ahura" é um sinônimo de Æsir.

Na tradição semita-cristã, eles poderiam ser caracterizados como anjos caídos.

Inicialmente eles são considerados seres poderosos regentes dos princípios morais e do fenômeno social (Varuna, os guardiões de rta, ou Bhaga, o patrono dos casamentos) e os devas regentes dos fenômenos naturais (Ushas, que quer dizer amanhecer, ou Indra, um deus do tempo).

Mitra, Varuna e Vritra são conhecidos Asuras.

Mais tarde a tradição hindu os considera demônios, possivelmente pelos períodos de secas que assolaram a região.

Com o surgimento dos arquétipos das forças do bem e do mal nos sutis ou invisíveis reinos da existência humana, o mundo ficou dividido entre divino(daiva) e o demoníaco(asura). Como guia das ações humanas que levariam a ação (pravrittri) e a renuncia (nirvrittri).

De acordo com a tradição hindu a renuncia levaria pureza, bondade e a verdade, por outro lado a ação levaria ao sofrimento tornando o ser insaciável pelo: desejo, hipocrisia, orgulho, arrogância e desilusão.

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati