Hipnos ou Hipno era o deus grego do sono.

Pais e irmãos

Hipnos era filho de Nix (a noite, a escuridão acima de Gaia) e Érebo ( As Trevas Primordiais, "a escuridão profunda que se formou no momento da criação"). Teve muitos irmãos, entre os quais seu irmão gêmeo Tânatos, a morte. Os seus outros irmãos nasceram apenas da vontade de Nix, ou da ajuda de Érebos, alguma forma diferente da concepção dos gêmeos. Os seus irmãos eram:


* Tânatos, a morte;
* Éter, a luz;
* Éris, a discórdia;
* Hemera, o dia;
* Hespérides, a tarde;
* Apáte, o engano;
* Filótes, a amizade;
* Geras, a velhice;
* Lissa, a loucura;
* Momo, o escárnio;
* Oizus, a miséria;
* Lete, o esquecimento;
* Até, o erro;
* Nêmesis, a ética;
* Kera, o destino do homem em seus momentos finais;
* Moro, o quinhão que cada homem receberá em vida;
História de Hipnos

Hipnos (o sono) viveu no palácio construído dentro de uma caverna grande no oeste distante, onde o sol nunca chegou, porque ninguém tinha um galo que acordasse o mundo, nem gansos ou cães, de modo que Hipnos viveu sempre em tranquilidade, em paz e silêncio.

Do outro lado de todo este lugar peculiar passava Lete, o rio do esquecimento, e nas margens, outras plantas cresciam aquele junto com colaborando com murmuro liso de águas limpidas do rio a dormir. No meio do palácio estava uma cama bonita, cercada pelas cortinas pretas em que Hipnos descansou em penas macias com um sonho calmo flagelado das histórias. Seu filho, Morfeu tomou cuidado de que ninguém o acordasse.

Hipnos teve também outras duas crianças chamadas Icelos e Fantaso. Hipnos podia dominar assim muito aos deuses a respeito dos mortais. É representado como uma pessoa nova. Hipnos era o deus do sono, da atividade a dormir, mas não dos sonhos em si; histórias que passam em nossos pensamentos, representada por Morfeu. Hipnos gerou (sozinho) os mil Onírios, deuses dos sonhos, entre eles Morfeu, Fantaso e Icelos. Fantasia é sua única filha, é a personificação do devaneio.

Segundo Homero, Hipnos vive em Lemmos, e está casado com a Grácia Pasitea, que Hera lhe concedeu em agradecimento por préstimos realizados. Tem forma humana, mas se torna uma ave antes de dormir.

Outras vezes é representado como um jovem com asas que toca uma flauta na frente dos homens para fazê-los dormir, e que tem um rastro de névoa.

Hipnos era considerado um deus com suas vestes e cabelos na cor dourada, assim como seu irmão gêmeo, Thanatos ou Tânatos, era considerado um deus de vestes e cabelos na cor prateada.

Tem três filhos, Morfeu, Icelos (também chamado de Forberto) e Fantaso, todos representam os sonhos e sua variedades.

Culto: Embora Hipnos visitasse o mundo real em algumas ocasiões, não teve nehum culto desde os tempos da Grécia Clássica. Nos territórios de Hipnos, é adorado por determinadas criaturas não humanas.

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati