Kingu


Kingu era um deus na mitologia Babilônica a quem Tiamat pretendia colocar como governante dos deuses. Quando Enki (Ea) aprisionou Apsu esposo de Tiamat, num eterno sono e roubo a glória de Mummu, Tiamat gerou Kingu e o tornou seu espos com a inteção de torná-lo rei.

Tiamat deu a Kingu três Tabletas do Destino, as quais ele colocou em uma armadura, que lhe garantiu imenso poder e posteriormente o colocou no comando do exército de monstros de Tiamat. Porém foi vencido e morto por Marduk, para o impedir de crescer, e seu sangue foi utilizado para criar a humanidade.

Toda a história de Kingu na criação dos mitos de Babilônia pode ser encontrado no Enuma Elish. E seu nome signfica "o que enfeitiça com o sono".

Cultura Popular




Na cultura popular, as bandas de Death Metal Vader (Polônia) e Metal Sinfônico Therion (Suécia) escreveram músicas com o nome de "Blood of Kingu - Sangue de Kingu" se referindo ao mito de que a humanidade foi criada a partir do sangue de Kingu. Kingu também é o pai de uma família de vampiros no jogo de interpretação (RPG) Everlasting.

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati