Kiskil-lilla demônio feminino da mitologia suméria, também chamada de Lilitu ou Ardat-lili. Filha de Anu e Ninhursag. Segundo os mitos, era a uma divindade das tempestades noturnas e guardiã da Árvore Haluppu, cuja semente fora dada a Enki por Ereshkigal. Era uma das servas promíscuas de Inanna, possívelmente trazida de sua viagem até o reino de Ereshkigal. Ela surge no épico de Gilgamesh, enfrentando o herói quando este derruba a árvore sagrada.

Era representada como uma mulher bela e sensual, segurando dois laços e com garras de ave de rapina no lugar dos pés, pousuada sobre dois gatos selvagens.

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati