As halciônides ou alciônides (Ἁλκυονίδες, halkyonídes, em grego) eram sete ninfas filhas de Alcioneu, rei dos gigantes. Quando Héracles matou Alcioneu, elas se jogaram no mar e foram transformadas por Anfitrite em alcíones ou alciões (aves também conhecidas como martins-pescadores, pica-peixes e guarda-rios). Seus nomes eram Alcipe, Antéia, Astéria, Drimo, Metone, Palene e Ftônia.

Na tradição russa, as alciônides tomaram a forma de Alkonost, uma mulher-ave semelhante às sirenas gregas, mas de caráter benévolo, portadora das mensagens de Deus.

Dias de Alcíone

De acordo com a lenda, o alcíone faz seu ninho sobre a água e encanta os ventos e as ondas de maneira que os mares ficam incomumente calmos durante sua nidificação, nos quatorze dias que precedem o solstício de inverno, de 14 de dezembro a 27 de dezembro. Ou, segundo outra vesão, Zeus, por piedade, acalma o mar para que os pássaros possam chocar seus ovos. Esses dias de calmaria excepcional são chamados de "dias de Alcíone" (Ἁλκυονίδες ἡμέρες, halkyonídes hêméres em grego, "dias das halciônides"), expressão usada metafóricamente para períodos de tranqüilidade, prosperidade e alegria. Nessa qualidade, a ave tornou-se símbolo de paz e tranqüilidade; porém de uma paz que é preciso aproveitar depressa, pois é breve.

These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati